Minha lista de blogs

segunda-feira, 17 de outubro de 2011

Ser mulher hoje


              Antigamente, a mulher era somente a dona do lar. Vivia em função dele. Boa mulher era aquela que dava conta de todos os afazeres domésticos, cuidava da educação dos filhos e obedecia ao marido. Hoje, mulheres, desse naipe, são consideradas alienadas.
            Ser mulher hoje é ser atualizada. Estar sempre a par do que está acontecendo no mundo e saber conversar sobre todos os assuntos: do futebol à política.
            Ser mulher hoje é estar sempre se reciclando. Não parar no tempo.
            Ser mulher hoje é estar de bem com a vida. Para isso, a mulher precisa se cuidar: caminhar, fazer algum esporte, fazer dieta, cuidar do cabelo, do corpo e principalmente da alma.
            Ser mulher hoje é ter sempre um objetivo a alcançar. Traçar planos para o futuro e não sossegar enquanto não os realizar.
            Ser mulher hoje é ter vontade e inteligência para aceitar e se adaptar ao novo. É ter competência para dominar a internet, o Orkut, o MSN, o Facebook, e se alegrar em fazer amigos, mesmo que sejam virtuais.
            Ser mulher hoje é tentar viver com honestidade, serenidade e ter força e coragem para enfrentar todas as adversidades.
            Ser mulher hoje é, acima de tudo, não deixar de ser mulher. Mesmo com toda a modernidade, morando sozinha, tendo independência econômica,  mulher que é mulher gosta de chamego, de ser acariciada, amada, de se sentir valorizada. É sensível, carinhosa, amorosa e quer sempre um ombro para protegê-la. É , portanto, igual a todas as mulheres, em todas as épocas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário